segunda-feira , 11 de dezembro de 2017
Início / Notícias / POLÊMICA DA CÂMARA MUNICIPAL DE TUTÓIA- MA: Câmara usa dispensa de licitação para alugar imóvel sem necessidade.

POLÊMICA DA CÂMARA MUNICIPAL DE TUTÓIA- MA: Câmara usa dispensa de licitação para alugar imóvel sem necessidade.

Câmara Municipal de Tutóia MA , aluga imóvel com data retroativa a data Real do contrato. 

🚨🚨


A Câmara Municipal de Tutóia MA,  por meio do presidente da casa, o vereador  Raimundinho de seriema , contrata imóvel usando dispensa de licitações, uma  forma de contrato quando há uma urgência extrema ou necessária, que não é o caso da Câmara, no momento.

Entretanto,  o que mais surpreende,  e a data em que foi colocada na licitação, data essa retroativa ao  mês em que  o contrato foi fechado , que foi no mês de Agosto.  o aluguel do imóvel no papel está desde maio de 2017, sendo que o local alugado está vazio  , é na verdade uma” grande aberração  e falta de escrúpulo  da casa que diz representar o povo” . O valor do contrato é de 11.200,00 no valor global como diz na licitação de maio a Dezembro de 2017 , documento esse que foi expedido na data do dia 14 de agosto do ano corrente. Quando perguntado ao presidente da Câmara,  O senhor Raimudinho da seriema sob tão contrato,  O mesmo respondeu: _”não tenho nada a declarar.” 

➡ Será que alguém pode explicar há necessidade desse aluguel .já que o presidente não quer explicar para o povo? 

➡Porque a data está anterior a expedição do documento? 
Opinião:  “estão brincando com a cara do povo, mais o povo não é mais besta,  a população  estão de olho nesse tipos de fraucatuas. vereadores vamos trabalhar e mostrar serviço, não é possível que um fato tão grave não seja dada uma explicação para o povo. “

(Continua depois do anúncio)

Sobre Leandro Rocha

Leandro Rocha

Veja também

O Movimento ” Tutóia não quer presídio ” vai às ruas contra a instalação da unidade prisional de ressocialização implantado no município de Tutóia MA.

Hoje , 20 de Novembro,  a sociedade civil organizada com o Movimento “Tutóia não quer …