terça-feira , 17 de outubro de 2017

Proposta permite repatriação de bens a condenados por lavagem e sonegação

Na última quarta-feira (28) foi discutida emenda que permite a pessoas condenadas por crimes como lavagem de dinheiro e sonegação fiscal serem incluídas no programa de regularização de bens de origem lícita na camará dos deputados em BRASÍLIA – O relator do projeto de repatriação de recursos do exterior Alexandre Baldy (PTN-GO), . Segundo ele, a ideia foi apresentada e foi incluída em uma das versões do relatório de sua autoria. Ele afirma, no entanto, que a decisão final será dos líderes partidários. O relator disse que, pessoalmente, é contra a ideia e alguns líderes já reagem à medida.

“PRESIDENTE DA CÂMARA QUER VOTAR”” O texto da repatriação foi discutido nesta quarta-feira, em reunião do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e líderes aliados do governo Michel Temer. A intenção de Maia, segundo Baldy, é colocar em votação já na próxima semana o texto da repatriação, desde que haja consenso mínimo sobre a matéria. Ao deixar a reunião, alguns líderes já manifestaram preocupação com a emenda que permite que condenados possam repatriar recursos de bens que não estão sendo investigados. Segundo o líder do DEM, Pauderney Avelino (AM), “seria inoportuno” incluir isso neste momento.
— Ainda vou olhar o parecer, mas eu não quero alterar a lei. Seria inoportuno aprovar isso agora — afirmou Avelino.”

Atualmente,a lei da repatriação aprovada pelo congresso Nacional exclui do programa os que tenham condenação por crimes tributários. Esse projeto que altera a lei de repatriação, permite a inclusão de condenados por crimes como lavagem de dinheiro e sonegação, para que possam legaliza recursos mantidos fora do país, viabilizando pessoas repatriar recursos de bens que não estão sendo investigados.

O que você achou do conteúdo dessa postagem? Comente rolando para baixo! (Você pode comentar usando a sua conta do Facebook ou do Google!)

Via O Globo
Imagens: Reprodução/ O Globo
Edição: Panorama Araiosense/ Mateus Coutinho

Sobre Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar
Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

Veja também

Vereador Igram denuncia abandono da educação de Araioses

Na sessão de hoje (10/10), o vereador Igram de Tarso (PMN) reclamou da qualidade da …