sábado , 21 de outubro de 2017
Início / Notícias / Retorno: Anderson Silva é batido por Bisping em luta polêmica no UFC em Londres

Retorno: Anderson Silva é batido por Bisping em luta polêmica no UFC em Londres



Anderson Silva teve retorno frustrante ao octógono do Ultimate Fighting Championship. Após cumprir um ano de suspensão por doping, o ex-campeão dos médios enfrentou Michael Bisping na luta principal do UFC Fight Night 84, neste sábado, em Londres, e acabou derrotado por decisão unânime dos juízes (triplo 48/47). O confronto foi bastante tenso e marcado por polêmica no fim do terceiro round. O brasileiro nocauteou o rival com uma joelhada voadora e subiu na grade para comemorar. No entanto, a vitória não foi consumada, pois o cronômetro havia estourado. 

Inconformado com o resultado, Anderson Silva protestou em entrevista ainda no octógono. “Quero agradecer a todos que vieram aqui assistir à luta. Obrigado a todos do meu time. Brasil, não tem como vencer, eles tiram, vocês viram. É isso, missão cumprida, às vezes, não. É igual ao Brasil: corrupção total”, disparou. 

Com o resultado, Anderson Silva segue em inferno astral no UFC. Ele não vence desde outubro de 2012, quando bateu Stephan Bonnar por nocaute técnico, em duelo que não valeu cinturão. Depois, o ‘Spider’ perdeu o título dos médios com nocaute sofrido diante de Chris Weidman, em julho de 2013. Na revanche, em dezembro do mesmo ano, foi derrotado pelo norte-americano de forma trágica, sofrendo fratura na perna esquerda – o resultado oficial foi nocaute técnico devido à lesão. 

Recuperado da grave lesão, Anderson Silva voltou a lutar em janeiro do ano passado, com vitória sobre Nick Diaz, por pontos. Mas o ex-campeão testou positivo para substâncias proibidas em exames antidoping realizados antes e depois do duelo. Posteriormente, o triunfo foi transformado em ‘sem resultado’. 



Já Michael Bisping emplaca a terceira
vitória seguida no UFC e se aproxima do sonhado title shot. Sétimo colocado 

do ranking do peso médio, o inglês deve subir muitas posições 
depois do triunfo mais expressivo da carreira. Emocionado, o
 ‘Conde’ agradeceu o apoio da torcida e valorizou o feito. 

“Quis essa luta a minha vida inteira por causa de vocês. Vocês me deram essa força. Eu não sei por que eu estou chorando. Respeito esse cara. Ele é um cara gigante no MMA. Sempre quis ser como esse cara. Se não fosse por isso, não estaria aqui”, comentou. 

Esta é a sétima derrota em 41 lutas profissionais de Anderson Silva. No UFC, o ex-campeão só havia sido derrotado em disputa por cinturão. Já Bisping chega ao 28º triunfo em 35 combates no cartel. 

A luta – Anderson Silva foi pressionado por Michael Bisping nos dois primeiros rounds e não conseguiu impor estilo na trocação. O brasileiro, apostou nas esquivas, esboçou provocações e arriscou brincadeiras, mas fracassou na tentativa de desestabilizar o rival. Concentrado, o inglês conectou melhores golpes e chegou a mandar o oponente a knockdown. No terceiro assalto, o Spider se desvencilhou do clinche junto à grade e desferiu uma joelhada violenta no adversário, que foi à lona. Apesar da comemoração de Anderson, o nocaute não foi consumado, já que o tempo havia se esgotado. 

Bisping voltou para o quarto round bastante cansado e com rosto ensanguentado devido a um corte profundo abaixo do olho. Incentivado pela torcida, o ‘Conde’ manteve o ímpeto na luta em pé, sempre partindo para cima, e resistiu aos chutes baixos de Spider. Com espírito guerreiro, o lutador da casa balançou por causa de fortes jabs e um violento chute frontal de Anderson Silva, mas demonstrou raça e garantiu o triunfo por pontos. 

Sobre Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar
Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

Veja também

Vereador Arnaldo repudia as declarações do Secretário de Finanças de Araioses sobre os professores do município

O vereador Professor Arnaldo (PEN) repudiou a administração da cidade de Araioses, principalmente a atitude …