sábado , 18 de novembro de 2017
Início / Notícias / Retratos do abandono #1 – Mercado Público Municipal: Até quando?

Retratos do abandono #1 – Mercado Público Municipal: Até quando?

A partir de hoje, começaremos a publicar matérias da série de reportagens “Retratos do abandono”. O intuito é divulgar a situação calamitosa de Araioses e manifestar a nossa insatisfação com determinadas precariedades de nossa cidade.
Para abrir a série, falaremos sobre o Mercado Público Municipal.
Há anos os trabalhadores do Mercado Municipal e a população de Araioses clamam por uma estrutura mais organizada e higiênica para a comercialização de alimentos.
Passa-se o tempo, passam-se os governantes e nada é feito para mudar a situação caótica do mercado…
Buracos nas paredes e goteiras no teto são os menores dos problemas enfrentados por quem compra e vende lo no local. Animais transitando entre as pessoas, banheiros com aspectos desumanos, locais de armazenamento e exposição de carne fora dos padrões de higiene propostos pela ANVISA são precariedades bem conhecidas pelo povo de Araioses.
Logo que a equipe de reportagem do Panorama Araiosense chegou ao local, várias pessoas nos relataram a situação de abandono do prédio. E não faltou gente para nos mostrar os locais mais precários da estrutura.
Um dos trabalhadores do Mercado Municipal nos disse que “As pessoas que trabalham no mercado não querem que um novo prédio seja construído, eles querem que o atual mercado seja reformado”. Ele enfatizou dizendo “Nós não queremos sair daqui”.
Em fevereiro, uma luz no fim do túnel: A prefeitura de Araioses inicia as obras de um novo Mercado Público Municipal no prédio onde funcionava a Cooperativa Agropecuária de Araioses – COAPA!
Aquilo enchera a população de otimismo e entusiasmo, porém, as sombras da irresponsabilidade e da politicagem apagaram essa luz e nos deixara mais uma vez na escuridão, pois a obra foi parada repentinamente.
E as informações que obtivemos não são nada animadoras… Nos foi relatado que a paralisação das obras foi causada por uma ação judicial, pois a Prefeitura de Araioses não foi responsável o suficiente para entregar as documentações de desapropriação antes de iniciar as obras.
A prefeitura, por outro lado, diz que o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – STTR (Sindicato esse responsável pela COAPA) solicitou o embargo das obras somente com o objetivo de prejudicar o governo do município.
Não importa se foi politicagem ou falta de compromisso; Nos importamos com o resultado: mais uma vez as expectativas do povo foram frustradas e a prefeitura ainda foi considerada pela justiça como invasora de propriedade privada…
Infelizmente, parece que ainda haverá uma longa espera por um lugar decente para ganhar e comprar o pão de cada dia em Araioses. Só podemos lamentar…
Abaixo, um compilado de fotos do Mercado Municipal e da obra parada:

(Continua depois do anúncio)

Obs.: Dissemos na postagem que “Chico do PT” é presidente do STTR, porém, o mesmo não mais o é. Pedimos desculpas ao “Chico” e a todos os nossos leitores.

Sobre Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar
Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

Veja também

Alunos de Água Doce-MA vão à escola de jumento por falta de transporte público

Uma cena, no mínimo curiosa, foi flagrada e fotografada por moradores da cidade de Água …