sábado , 18 de novembro de 2017
Início / Notícias / Você pode ficar bêbado com refrigerantes de cola!

Você pode ficar bêbado com refrigerantes de cola!

O Instituto Nacional de Consumo (INC), da França constatou a existência de álcool na fórmula da Coca-cola e Pepsi.
Verificou-se cerca de 0,001% da substância em um litro dos refrigerantes mais conhecidos do mundo, sendo considerado irrisório para deixar o indivíduo bêbado.
“É possível mesmo que vestígios de álcool apareçam do processo de produção, com base na nossa receita secreta” disse Michel Pepin, diretor científico da Coca-Cola na França, à emissora de televisão nigeriana Channels TV.
”Alguns refrigerantes podem conter vestígios de álcool por causa dos ingredientes usados, embora a receita da Pepsi não tenha álcool”, afirmou um porta-voz da Pepsi.
As empresas afirmam não haver acréscimo de etanol nas bebidas, justificando que durante a fermentação possa haver alguma reação química que altere a receita secreta.
Foram testadas 19 marcas de refrigerantes, sendo que somente naquelas vendidas a preços populares não foi encontrado nenhum vestígio de álcool.
O valor encontrado pode ser mínimo, mas não deixa de haver a possibilidade de causar problemas de saúde em crianças, idosos e portadores de doenças diversas, sabendo-se que estes são mais vulneráveis aos riscos causados pelo consumo de álcool.
Além do mais seguidores de religiões, como o islamismo, que proíbe o consumo de álcool, já estão pedindo indenizações às empresas alegando terem sido enganados esse tempo todo.
Não sabemos exatamente os ingredientes secretos adicionados às fórmulas da Coca e Pepsi, mas o que seria 0,001% de álcool perto do açúcar e sódio adicionado a essas bebidas?

(Continua depois do anúncio)

Sobre Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar
Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

Veja também

Pagamento do programa “Cartão Transporte Universitário – Edição Araioses” completa uma semana de atraso

Em sua última visita à cidade de Araioses, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), …