sexta-feira , 28 de julho de 2017
Início / Vídeos / Reportagens / [VÍDEO] Denúncia: Valéria Leal deixa prédios públicos sucateados

[VÍDEO] Denúncia: Valéria Leal deixa prédios públicos sucateados

Quando um prefeito não consegue se reeleger, o ideal é que haja uma reunião de troca de governo e que todo o patrimônio público seja entregue em perfeitas condições, para que o sucessor do Poder Executivo possa iniciar o seu mandato com um local digno para trabalhar.
Mas, o que acontece em Araioses, é algo bem diferente. As acusações são de que Valéria Leal, a gestora do município, durante os anos de 2013 a 2016, saqueou os órgãos públicos, ou facilitou para que outras pessoas o fizessem. Sabendo disso, o Portal Panorama foi à prefeitura checar se a denúncia era verídica.

Chegando lá, nos deparamos com uma situação de total abandono. O prédio estava às escuras, já que o município está em dívidas com a CEMAR (Companhia Energética do Maranhão). As salas estavam totalmente sem condições de funcionamento. O único computador que encontramos, não funciona. Além disso, encontramos apenas pouquíssimos móveis.

Em um vídeo, divulgado nas redes sociais, o prefeito recém empossado, lamenta o estado em que a prefeitura foi entregue para que ele pudesse administrar.

A deslealdade da administração anterior não se restringiu à sede do governo. Vários outros prédios foram abandonados.

Nossa reportagem se dirigiu, então, ao Atracadouro do município, local onde funcionava a sede da Guarda Municipal de Araioses. O local também estava totalmente abandonado, em um estado muito pior que a prefeitura. O prédio estava pichado, depredado, sujo, móveis estavam espalhados pelo chão, e nem ousamos entrar no banheiro, que além de ter um cheiro fortíssimo de fezes, ainda estava servindo de abrigo para marimbondos. O prédio público também acabou se transformando em um local propício para uso de drogas.

Achávamos que a matéria estava concluída, quando a Prefeitura de Araioses chamou a nossa equipe para documentar a situação deplorável da escola Gonçalves Dias. Lá, mais bens públicos sumiram e salas, cantina e banheiros da escola estavam sem as mínimas condições de receber alunos para o início do ano letivo na instituição de ensino.

A equipe de jornalismo do Panorama entrou em contato com a assessoria de Valéria Leal. Indagamos acerca das denúncias envolvendo os saques feito nos órgãos públicos e o mau estado de conservação dos prédios. Nos foi relatado que

Sobre a prefeitura municipal, os móveis que saíram foram os da contabilidade, que se instalou na secretaria de saúde desde de Julho do corrente ano, devido ao fornecimento de energia que só funcionava pela manhã, a porta da sala de tributos, caiu no último dia de funcionamento da prefeitura pelo que olhamos foi por conta de cupim por dentro da porta, sobre equipamentos, alguns funcionários, como eu, os advogados, fianças, usávamos computadores particulares, no setor pessoal, folha, identidade , militar todos possuem computador de mesa e impressora. Alguns computadores pelo fato de muitos usarem PC particular foram movidos para setor de sistema da saúde. Geladeira enquanto eu secretário não havia, havia apenas um frigobar que se encontra no gabinete da secretaria de saúde.
Sobre o atracadouro, ele parou de ser utilizado pela guarda em setembro, devido a irregularidade de energia. O local ficou fechado, e os guardas passaram a fazer plantões em locais próprios, como hospital, promotoria e prefeitura e creche. Infelizmente o vandalismo no local é muito decorrente, mais até dia 23 de dezembro passamos para dá uma olhadinha, mesmo não pertencendo a prefeitura e estava todo trancado. – Disse a assessoria

Em nota, a ex-prefeita manifestou repúdio pelas acusações:

Eu Valéria Leal ex-prefeita de Araioses e meu pai, Manin Leal, vem a público manifestar repúdio a uma série de mentiras e boatos envolvendo nossos nomes.

As mentiras e os boatos em questão afirmam que o prédio da prefeitura de Araioses foi saqueado e deixado sem a mínima condição de iniciar qualquer atividade de interesse público, a mando de meu pai.

Essa escalada de boatos e ataques pessoais, tornando público, fatos mentirosos que visam atingir, diretamente a minha honra e de meu pai, jamais os afastarão de minhas convicções e ideais.

Não compactuamos com práticas sujas e desonestas. Não fazemos o jogo dos incompetentes que sobrevivem da política da mentira. São pessoas oprimidas pelo desespero. Sabem que não terão competência para administra o município de Araioses.

Já são perdedores. Por isso, disseminam a mentira, a maldade e a injustiça.

A escalada de injúrias e difamações está apenas começando. Essa é forma deles de fazer política. É importante que você, cidadã e cidadão de Araioses saibam que estamos do seu lado. Estamos com você. Estamos com a verdade.

A nossa credibilidade popular foi construída com muito trabalho e prestígio perante nossa sociedade. Nosso objetivo foi, e, é de melhorar a vida de nosso povo. É promover efetivamente o cuidado e o desenvolvimento de nossas crianças, jovens, adultos e idosos.

Que a verdade dos fatos prevaleça, evitando, assim, danos à minha imagem e à de meu pai. “A verdade prevalecerá e vencerá”.

Araioses-MA, 06 de janeiro de 2017.

Respeitosamente,

Valeria Leal

As imagens são nítidas e não há como contestar. Esperamos que a justiça prevaleça e que nos próximos meses e anos, o povo de Araioses possa conhecer uma realidade diferente.

Sobre Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar
Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou CEO do Portal Panorama. Foco em assuntos como política local, atualidades e reportagens policiais.

Veja também

Participe do 3º Passeio da Agência André Tur, Saindo de Araioses com destino ao Delta das Américas!

André Tur é a mais nova agência de turismo da região e, mesmo com pouco …