Conheça o projeto social de jiu-jítsu em Araioses

WhatsApp-Image-2019-07-12-at-10.40.58.jpeg

Projeto social de jiu-jítsu, instalado no antigo clube do Bataclã, na Cidade de Araioses-MA, vem se tornando um celeiro de promessas do esporte. O programa que vem sendo realizado pelo Professor Rodrigo Amorim se destaca ao colocar de forma positiva as crianças e adolescentes que se enquadraram.
“O jiu-jitsu é uma arte marcial de raiz japonesa que utiliza, essencialmente, golpes de alavancas, torções e pressões. O lutador de jiu-jitsu utiliza a técnica para levar o oponente ao chão e dominá-lo. O condicionamento físico é um excelente esporte, pois você não usa tanto a força, mas precisa encontrar a maneira correta de se defender e atacar”.
O Projeto em destaque vem ganhando força no município, nessa ultima terça feira dia 09 de julho de 2019 contou com presenças ilustres no mundo do jiu-jítsu de alguns adeptos da arte. As presenças foram: do campeão mundial Lucas Gualberto, Delegado da Policia Civil Robert Freire, Engenheiro Edmilson Almeida.
Orgulhoso do que viu no desempenho de seus alunos, o Professor Rodrigo Amorim ao termino do trebelho juntou os alunos em ciclo para ouvir as mensagens dos ensinamentos proferidos pelos seus convidados o qual os mesmos falaram de como cada um dos participantes teriam que se comportar no dia a dia… o qual dentre as palavras mais frisadas foram: humildade, respeito, perseverança etc.
O jiu-jítsu proporciona uma saúde melhor, melhoria do rendimento escolar e profissional, aumento da sociabilidade, são alguns benefícios provenientes da prática esportiva. No Brasil, o esporte possui, de certa forma, caráter inclusivo.
A disciplina e civilidade, indispensáveis para realização de qualquer desporto, são adquiridas pelos praticantes e aplicadas nos diversos campos da vida em sociedade oferecendo assim, a possibilidade de mudanças no contexto das pessoas marginalizadas, “como as que possuem alguma deficiência e as que estão em situação de vulnerabilidade social”.
Nos dias de hoje, a maioria das pessoas que começam a praticar jiu-jítsu o fazem na busca de alguma melhoria na qualidade de vida. Apesar de ser considerado por muitos estudiosos um método meritocrático, a virtude do mesmo está em proporcionar aos adeptos progressos substanciais, desde uma saúde mais consistente até a ampliação e o melhoramento do convívio social. Uma vez aliado com uma educação de qualidade, o jiu-jítsu torna-se agente transformador de pessoas e situações.

Veja como está o projeto:

 

Isaac Carvalho

Isaac Carvalho

Natural de Itapecerica da Serra-SP, moro em Araioses-MA desde 2005. Sou redator e Diretor de Marketing e Publicidade do Portal Panorama. Também atuo como Diretor Executivo da Panorama Produções.

scroll to top
Open

Portal Panorama