Mulher é agredida por aluno durante jogo na UFPI de Parnaíba; caso repercute nacionalmente

Soco.jpeg

Momento do soco (imagem retirada do vídeo)

Na noite desta terça-feira, por volta das 21h, uma jovem identificada como Eliete foi agredida por um aluno do curso de Engenharia de Pesca da Universidade Federal do Piauí – UFPI Campus Parnaíba, identificado como Rodrigo Quixaba.

Rodrigo Quixaba (foto: reprodução/redes sociais)

De acordo com testemunhas, Rodrigo, que jogava pelo time de Engenharia de Pesca da UFPI, teria perdido o controle ao receber um cartão vermelho de Eliete, que era árbrita da partida e, como é possível ver no vídeo (abaixo), o universitário partiu para cima da jovem, desferindo três socos contra o rosto da mulher.

Rosto de Eliete (foto: reprodução/redes sociais)

Logo após a agressão, Rodrigo fugiu da quadra onde acontecia o jogo. Outros estudantes que jogavam e que assistiam a partida tentaram capturá-lo, mas sem sucesso.

Em poucos minutos, esse era o assunto mais comentado na região, dentro e fora da comunidade da UFPI. Nas redes sociais, as pessoas abominavam o ocorrido e cobravam justiça. Até mesmo as estrelas do SBT, Lívia Andrade e Maísa, fizeram publicações em suas contas do Twitter sobre o caso de agressão contra a mulher em Parnaíba.

A Universidade Federal do Piauí campus Ministro Reis Velloso divulgou, em sua conta oficial no Instagram, uma nota de repúdio sobre o acontecido:

[…] Sobre o ocorrido durante um evento esportivo entre estudantes nesta segunda-feira, esta Direção vem a público informar que, a partir de então, estão proibidas todas as atividades na quadra esportiva do Campus até a apuração do referido caso.
Desta forma, a Direção reitera seu compromisso com a integridade e o respeito entre os agentes da comunidade acadêmica e comunidade externa, norteando-se sempre pelos aspectos normativos desta Instituição de Ensino Superior, ao tempo que se solidariza com as vítimas e enseja o movimento contra todo tipo de violência. Manteremos a comunidade informada dos desdobramentos legais, dando toda transparência a investigação […].

A maior parte dos comentários na publicação da UFPI pedem que o agressor seja jubilado, ou seja, expulso definitivamente da Universidade. Vários estudantes da instituição se manifestaram com a hashtag “#ExpulsãoJá”.

 

Momento do soco (imagem retirada do vídeo)

De acordo com informações preliminares, Rodrigo já teria se entregado à Polícia, prestado depoimento e sido liberado. De acordo com o Art. 129 do Código Penal, o agressor poderá responder por lesão corporal leve, pois, entre outras coisas, a vítima não teve sequelas ou risco de morte. Se condenado, Rodrigo poderá ser penalizado com três meses a um ano de prisão.

Por Jonatan Aguiar/Panorama

Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar

Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

scroll to top
Open

Portal Panorama