Tráfico de drogas: idosa de 74 anos e filho são presos com mais de 30 porções de crack e cocaína em Parnaíba

Vovozona.jpg

"Vovozona" e seu filho

“Vovozona” e seu filho

Na manhã da última sexta-feira (27/04), uma guarnição da PM-PI recebeu uma denúncia de que a casa da idosa Raimunda Horácio Pinho Lima, de 74 anos, conhecida como “Vovozona”,  residente, no bairro Reis Velloso, em Parnaíba estaria funcionando como boca de fumo. Os policiais se deslocaram até a casa da senhora, flagraram a mulher com uma bolsa cheia de drogas e ela foi presa em flagrante.

Segundo o sargento Farlon, o matagal no quintal de “Vovozona” favorecia a comercialização de entorpecentes. No momento da abordagem, Raimunda estava com uma pequena bolsa no pescoço. Quando abriram a porta-moedas, os policiais encontraram 23 pedras de crack e oito de cocaína. Posteriormente, os PMs apreenderam R$ 52,00, dinheiro que poderia ter sido proveniente da venda de drogas. A suspeita, no entanto, disse que o dinheiro é de sua aposentadoria e que as drogas pertencem a um sobrinho, que é dependente químico.

Essa declaração contrasta com o que Farlon afirmou à reportagem da TV Costa Norte de Parnaíba, onde disse que a idosa havia confessado, dentro da viatura, que realmente vendia os entorpecentes: cada pedra de crack a R$ 5,00 e cada porção de cocaína, a R$ 10,00.

Luiz Carlos Pinho Lima, de 50 anos, filho de Raimunda, também foi preso, acusado pelos policiais de fazer a vigilância armada da casa onde as drogas eram comercializadas, utilizando um revólver. Entretanto, os PMs não encontraram a arma. Evangélico, Luiz disse que a única arma que possui em sua casa é a Bíblia.

O caso foi encaminhado à Central de Flagrantes. Os suspeitos foram liberados, mas a droga ficou apreendida.

Por Jonatan Aguiar/Panorama, com informações de Portal Costa Norte
Imagens: Portal Costa Norte

Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar

Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

scroll to top
Open

Portal Panorama