Famílias abandonam as próprias casas por causa de alagamentos em Araioses

A José Neves se transformou em um ambiente muito confortável para os patos, que nadam de um lado para o outro da rua. Sem ter ideia do perigo, as crianças brincam no piscinão formado pela água das chuvas. Araioses está entre as cidades do nordeste que estão enfrentando um intenso volume de chuvas nos últimos dias.

Para quem mora em algumas partes da cidade, essa informação se traduz em muitos transtornos. Na rua Sete de Setembro, na entrada de Araioses, a prefeitura fez uma intervenção. A ideia era que a água acumulada fosse escoada para uma lagoa próxima, na rua Barão do Rio Branco, mas o projeto, posto em prática, não deu muito certo. Quando a obra estava sendo feita, os próprios moradores chegaram a alertar.

Dito e feito: com as chuvas se intensificando e a drenagem se mostrando ineficiente, alguns moradores foram obrigados a abandonar as próprias casas por conta de alagamentos e quem resolveu ficar, simplesmente não consegue dormir à noite, seja por ter que ficar subindo os móveis para que eles não sejam danificados, ou por medo de alguma tragédia acontecer por causa das infiltrações.

Lembra da rua Treze de Maio? Dos patos; das crianças? Lá é onde mora a Eveline. Ela teme que a casa dela também seja inundada, e com razão. O nível da água, por la, só sobe a cada dia e está bem próximo de invadir a residência.

Além desses, existem vários outros pontos de alagamento na cidade de Araioses. Os moradores, sem saber o que fazer, publicam fotos e vídeos, na esperança de sensibilizar os representantes do poder público. Alguns, como os de João Peres, tentam resolver o problema sozinhos, sem esperar pelo governo.

No dia da gravação desta reportagem, a prefeitura iniciou mais uma intervenção na sete se setembro.

Reportagem: Jonatan Aguiar/Panorama
Imagens: Jonatan Aguiar/Panorama

Jonatan Aguiar

Jonatan Aguiar

Nascido em Praia Grande-SP, moro em Araioses desde 2002. Sou repórter e Diretor Geral do Portal Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top
Open

Portal Panorama